Pérolas do comentarista Neto da Rede Bandeirantes

Eu sei que vai ter muito corinthiano repudiando esses meus comentários, mas como eu não faço média com ninguém, vou escrever tudo que penso a respeito dele, algo desejado por mim faz tempo e já estava entalado na garganta faz tempo. Vamos lá:
1- Mesmo sendo corinthiano, para mim esse jogador nunca foi craque, apenas um bom jogador que se destacou pela bola parada. Como ele tiveram tanto e outros melhores jogadores como Marcelinho Carioca (10 títulos pelo Corinthians), David Beckham, Branco (lateral da seleção brasileira de 94), Marcos Assunção entre outros. A diferença é que o Neto se destacou ao ganhar o primeiro campeonato brasileiro pelo Corinthians em 1990 e alguns gols bonitos. De resto não me lembro mais de nenhum título dele. Bom jogador é uma coisa, agora craque é outra coisa totalmente diferente. Essa é a imagem que o torcedor corinthiano mais antigo tem dele e que o mesmo sabe utilizar muito bem usando ela [sua imagem] em seu favor, do contrário dificilmente alguém saberia que é Neto e tão pouco acredito que teria espaço na mídia.
2- Cabe lembrar que Neto nunca foi um bom exemplo de profissional e muito menos de cidadão, pois o mesmo chegou a dar declaração de quando era jogador fez corpo mole para derrubar treinador e quem não se lembra de seu cuspe na cara de um juiz chamado Aparecido. Hoje Neto em seus comentários o defensor da ética, moral e bons costumes.
3- Hoje o comentarista Neto é muito mais famoso pela suas declarações polêmicas e brigas com companheiros de televisão, profissão, jogadores, técnico e longa é a lista de suas brigas, do que pela qualidade de seus comentários.
4- Com a saída de José Luiz Datena da Bandeirantes para a TV Record(mais tarde Datena acabou retornando) Neto, então comentarista do programa SP Acontece, acabou assumindo a vaga do apresentador mudando o nome de seu programa Os donos da bola, que permanece até hoje.
5- Programa esse desprovido de qualquer imparcialidade, Neto se aproveita de seu espaço para atacar seus desafetos pessoais principalmente Valdívia e Luís Felipe Scolari, atualmente técnico do grêmio e como venho observando não há um dia sequer que esse programa não tem alguma notícia referente ao Valdívia. É problema pessoal ou não com o jogador? E o que dizer das provocações a Felipão com a frase: “gol da Alemanha”?
6 – Neto costuma agir da seguinte forma: se o jogador vem ao seu programa, ele faz elogio, caso contrário ele desce o pau. Vocês acham que a briga com Valdívia e Felipão se deu por qual motivo?
7- Apesar de ser corinthiano eu acho uma tremenda sacanagem o que esse comentarista faz em relação ao Palmeiras, além de torcer contra procura minimizar as vitórias dessa equipe, esculhambar suas derrotas, não porque é torcedor corinthiano mas porque teve um entrevero com o presidente do Palmeiras Paulo Nobre, e o mesmo irritado com Neto, proibiu que seus jogadores fossem ao seu programa. Cadê a parcialidade?
8-  Há mais ou menos alguns meses, Neto, conselheiro do Corinthians, vem usando seu espaço para bater na tecla de renovação do jogador Paolo Guerreiro e de uns tempos para cá esse insistência vem se intensificando, a minha pergunta como a de muitos que eu acredito é qual o interesse na renovação desse jogador? Não estou entendendo!.
Sem contar os infinitos elogios ao jogador Alexandre Pato que segundo o comentarista é o “grande craque” do futebol brasileiro, tanto é que saiu pelas portas do fundo do Corinthians e joga uma ou outra partida bem pelo São Paulo.
9- Talvez o maior absurdo de todos ao meu ver é que Neto indica jogadores em seu programa ao vivo para o Corinthians (onde ele é conselheiro) e outros times sem o maior pudor. Diante disso como não levantar suspeitas?
10 – Suas brincadeiras e perguntas estupidas com os ex-jogadores e agora comentarista Ronaldo e Veloso é de causar indignação. Sexta-feira passada dia 25/04, Neto em mais um de seus comentários infelizes perguntou à Veloso se ele gostava de espanhola, devido a uma reportagem envolvendo algo relativo a Espanha. Vejam bem, em pleno horário de almoço, onde crianças costumas assistir. Sem contar as gracinhas em relação a moça do merchan feito durante seu programa, pois além de trata-lá como um objeto, da para se perceber o constrangimento da moça. Agora eu fico me perguntando: E se ela for casada? Como que fica? Será que ele já parou para pensar?
11- Neto não costuma para pensar na hora de falar tanto é no dia do clássico entre Palmeiras X São Paulo o mesmo disse que o time do São Paulo iria ganhar de 4 x 0 do time do Palmeiras dentro da casa palmeirense, mexendo com o brio dos jogadores palmeirenses, fazendo-os entrar mais motivados para o clássico. No outro dia Neto foi alvo de chacotas por parte da torcida do Palmeiras nas redes sociais.
12 – Se for falar de todas suas perolas escrever aqui no blog não seria o suficiente, mas caso você tenha mais alguma, comente conosco.

Para se encerrar o tema eu não suporto mais ver jogo pela bandeirantes e entendo que sua audiência não por acaso despenca. Assim como não suporto mais seus programa e garanto que muitos pensam como eu. Bom será o dia em que não mais dependerei da televisão aberta para assistir uma partida de futebol pela televisão aberta.

Saiba Mais:

http://www.timaodecoracao.com.br/craque_neto_cospe_na_cara_do_juiz_jose_aparecido-videos_do_corinthians-ivipo-161873.htm
http://esportes.r7.com/futebol/times/palmeiras/area-publica/noticias/marcos-detona-neto-nunca-cuspi-na-cara-de-juiz-20100305.html
http://alpalombo.blogspot.com.br/2010/04/briga-de-neto-e-benjamin-no-jogo-aberto.html
http://www.conjur.com.br/2012-jun-15/comentarista-neto-perde-acao-danos-morais-colega-benjamin-back
http://www.futebolinterior.com.br/futebol/Corinthians-SP/noticias/2011-01/POLEMICA!-Ronaldo-dispara-contra-comentarista-e-apresentador-da-Band
http://virgula.uol.com.br/esporte/futebol/neto-diz-que-nao-coloca-mao-no-fogo-por-milton-neves-e-renata-fan-edmundo-se-salva/
http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/10/05/dunga-rebate-criticas-de-neto-e-diz-que-comentarista-da-band-nao-tem-indole.htm
https://www.youtube.com/watch?v=3Xw2rgGvKAc (Belletti mostra que não se inspira em Neto e Edmundo para se tornar um comentarista e ainda alfineta os dois.)
https://br.tv.yahoo.com/blogs/tv-esporte/den%C3%ADlson-se-irrita-com-coment%C3%A1rio-neto-sobre-foto-172625100.html
http://tvuol.uol.com.br/video/neto-perde-a-linha-com-ulisses-04028C183660E0914326

https://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/09/02/neto-insinua-negocio-com-andres-e-ronaldo-giovanelli-em-programa-de-tv/
http://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/bate-papo-da-torcida/67224/a_verdade_sobre_neto_e_ronaldo_giovanelli
http://otvfoco.com.br/audiencia/video-da-hora-milton-neves-e-neto-discutem-ao-vivo/
https://br.tv.yahoo.com/blogs/tv-esporte/%C3%A1udio-da-band-vaza-e-entrega-neto-xingando-223119100.html
http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/esporte/2014/10/04/felipao-se-irrita-e-ve-campanha-de-neto-e-milton-neves-contra-o-gremio.htm
http://www.futebolnaveia.com/index.php/noticias/602-valdivia-se-irrita-com-opinioes-de-neto-e-critica-comentarista-da-band-e-idolo-do-timao
http://f5.folha.uol.com.br/colunistas/ricardofeltrin/978623-band-adverte-neto-e-proibe-novas-criticas-a-colegas.shtml
http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/04/21/leifert-volta-a-criticar-neto-comentarista-diz-que-global-e-mascarado.jhtm
http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/10/17/neto-da-tapa-na-cara-de-ronaldo-por-gritar-durante-programa-ao-vivo/
http://www.futebolinterior.com.br/futebol/Corinthians-SP/noticias/2014-10/Neto-detona-Mano-Menezes-e-Corinthians-no-Donos-da-Bola-da-Band
http://www.noticiasbr.com.br/em-site-oficial-palmeiras-faz-criticas-ao-comentarista-neto-134239.html
http://vaipragalera.pop.com.br/cbf-divulga-nota-de-repudio-ao-comentarista-neto-por-xingar-a-selecao/
http://www.ospaparazzi.com.br/celebridades/ronaldo-x-neto-apos-briga-globo-desiste-de-comentarista-3474.html
http://www.oreporter.com/Tiago-Leifert-critica-Neto-em-palestra-e-comentarista-responde-mascarado-,4678898970.htmhttp://esportes.terra.com.br/palmeiras/palmeiras-confirma-veto-e-acusa-neto-de-ataques-gratuitos-e-irresponsaveis,c91126bbca304410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html
http://www.meutimao.com.br/noticia/171184/comentarios_negativos_de_neto_irritam_torcedores_corinthianos

Saudades daquela época…..

Vendo atual o momento esportivo da Rede Bandeirantes de televisão eu sinto saudade daquela época em que Luciano do Vale,Silvio Luís era narrador, Rivelino era comentarista, entre outros(um timaço esportivo diga-se de passagem) e nessa emissora passava campeonato espanhol, italiano, futebol americano(NFL). Atualmente é uma emissora dependente da Globo para transmissão de seus jogos, com sua equipe esportiva totalmente parcial (Neto que o diga), jornalistas puxa-sacos. O último bom programa esportivo que valia a pena assistir era do Jorge Kajuru, depois desse o nível de qualidade baixou e muito.

Aí que saudades daquela época! Que tempo bom, que pelo visto não volta mais!

Polêmico deputado usa a Bíblia para justificar projeto que modifica o Estatuto do Desarmamento

O comércio de armas é um negócios mais lucrativos do mundo, pois gera bilhões e bilhões e há muita gente interessada nesse tipo de negócio, principalmente os fabricantes de armas que pelo visto já tem seus representantes no congresso. Por isso vamos abrir o olho, porque mesmo na guerra, na violência tem sempre alguém lucrando. Só para lembrar o tal deputado faz parte da bancada da bala. Leis como essa são apenas o reflexo do nosso atual congresso corporativista e conservador que se fortaleceu e muito nessas últimas eleições. Lembra em que você voltou e qual foi a promessa que ele te fez? Não está na hora de cobrá-lo?

Um projeto de lei de autoria de um deputado federal vem causando inúmeras discussões nas redes sociais. O PL 986/2015, proposto por Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC) modifica o Estatuto do Desarmamento, flexibilizando as regras para o porte de armas.

Em sua página no Facebook, o deputado usou um versículo bíblico para justificar seu projeto: “’Se o ladrão for achado roubando e for morto, o que o feriu não será culpado do sangue’ (Êxodo 22:2). Em outras palavras, bandido bom é bandido morto”, afirma o deputado.

Integrante do grupo de parlamentares chamado de “bancada da bala”, Peninha disse ainda que, uma vez “desamparados pela lei dos homens, [os cidadãos estão] amparados pela lei de Deus”, referindo-se ao versículo do Velho Testamento.

O PL 986/15 propõe alterações profundas ao Estatuto do Desarmamento, criando facilidades para o porte de armas por civis. A atual legislação, de 2003, restringiu o acesso a armas de fogo, impondo critérios técnicos para aquisição. Além disso, criou um banco de dados de armamentos nacional, a fim de contribuir com a investigação de crimes.

Entre os detalhes do projeto estão o fim da necessidade de renovação do registro da arma, o fim da obrigação de exames psicológicos periódicos e técnicos, além de desobrigar os portadores a apresentarem novos atestados de antecedentes em períodos pré-definidos.

O projeto ainda altera de seis para nove o número de armas permitidas por cidadão, e aumenta o limite de munições por arma registrada, passando de 50 por ano para 50 por mês, segundo informações do jornalista Leonardo Sakamoto, colunista do Uol.

Na página do deputado no Facebook, diversos comentários mostram o quanto a sociedade está dividida sobre o tema. Alguns internautas se mostram favoráveis ao projeto, enquanto outros demonstram contrariedade com a proposta.

Fonte: Gospel+

Justiça determina suspensão da rádio Vida por conta de locação da programação para igreja

Não tenho a menor dúvida de que a Igreja Evangélica em geral ela é responsável pela concentração dos meios de comunicação em nosso país e a bancada evangélica está aí para isso: lutar por mais concessão de mídia para as Igrejas venderem seu “peixe” gospel. Notícias como essas só me faz refletir na necessidade urgente de discutirmos uma reforma na lei de concessão dos meios de comunicação pois já passou da hora diga-se de passagem. Você liga na televisão é só canal de crente, liga no rádio e só estação de crente, ambos pedindo dinheiro. Graças a Deus existe a internet como alternativo porque ficaria difícil aguentar esses “pregadores” midiáticos. Falando em meios de comunicação se a concessão é pública porque esses grupos que controlam a mídia a usam para fins comerciais? A finalidade não deveria ser informativa e/ou educativa?

A Justiça Federal determinou a suspensão das transmissões da rádio Vida FM 96,5 em São Paulo, após uma ação do Ministério Público que tinha como alvo o aluguel da emissora para a Comunidade Cristã Paz e Vida, liderada pelo pastor Juanribe Pagliarin.

A rádio Vida FM é de propriedade do evangelista e advogado Carlos Apolinário, ex-deputado federal e membro da Assembleia de Deus. Durante janeiro de 2009 e dezembro de 2013, locou a programação da emissora por R$ 300 mil mensais à Paz e Vida.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, em 2014 o valor foi reajustado para R$ 480 mil, mas a parceria foi encerrada em março do mesmo ano, devido a uma interrupção das transmissões e a lacração dos equipamentos da emissora por uma decisão da Justiça Federal de Mogi das Cruzes (SP).

O motivo da interrupção das transmissões foi a acusação de que a Vida tinha uma torre de retransmissão ilegal na cidade, usada para potencializar o sinal da emissora e fazê-la alcançar toda a Região Metropolitana de São Paulo.

Originalmente, a concessão da Vida FM permite que a emissora transmita a partir de São José dos Campos, cidade do interior de São Paulo, onde está instalada uma antena. O estúdio da rádio, no entanto, fica no bairro de Santana, na zona norte da capital paulista, e a torre em Mogi das Cruzes.

Por esses motivos, a Justiça entendeu que havia irregularidades e determinou o fechamento da emissora há pouco mais de um ano. Apolinário recorreu da decisão e teve seu recurso aceito. A partir daí, inaugurou uma nova programação na emissora, sem locar os horários para nenhuma denominação.

A decisão proferida pela juíza federal Flávia Serizawa e Silva a partir da ação cível do Ministério Público com foco na locação dos horários, determinou a interrupção do sinal da emissora e também o bloqueio dos bens do proprietário, Apolinário, e do antigo locatário, Pagliarin.

“Há dupla usurpação de bem público pela rádio Vida, que ampliou sem autorização sua potência […] e transferiu seu sistema irradiante para Mogi de forma a atingir toda a Grande São Paulo; e [também] ‘alugou’ sua concessão mediante vultoso ganho financeiro”, escreveu a juíza.

Porém, a alegação de Apolinário é que o aluguel da emissora já não acontece há mais de um ano e que sua torre é considerada legal pela Justiça, que acatou seu recurso apresentado em março passado.

“O procurador entendeu que uma concessão não poderia ser arrendada, algo completamente sem fundamento jurídico”, afirmou Apolinário à Folha. “Se a tese dele fosse verdadeira, não poderia ter a rádio Bradesco, que é um banco, não uma rádio. Qual crime eu cometi, se eu paguei todos os impostos? É crime ganhar dinheiro?”, questionou.

O empresário afirmou ainda que a própria Justiça já havia reconhecido a legalidade de seu retransmissor em Mogi das Cruzes: “Eu consegui uma autorização da Justiça para a antena em Mogi, eu não estava lá de bobo alegre, não […] Essa ação cível me deixou sem um tostão no bolso. Estou arrumando dinheiro emprestado para pagar dívida e funcionário. Você não sabe o sufoco que estou passando”, lamentou.

A Redação do Gospel+ entrou em contato por telefone com a assessoria de imprensa da emissora para colher um posicionamento. Diego Mendonza, jornalista da Vida FM, afirmou que a rádio já recorreu da nova decisão e continua com sua programação no ar normalmente.

Fonte: Portal Gospelmais notícias

Pastor Silas Malafaia anuncia nova campanha em parceria com o polêmico Morris Cerullo

O pastor Silas Malafaia anunciou ontem, 27 de abril, que o evangelista Morris Cerullo estará novamente no programa Vitória em Cristo, fazendo uma nova campanha.

A edição do programa Vitória em Cristo com a participação de Cerullo irá ao ar no próximo sábado, 02 de maio, nas emissoras RedeTV! (09h00) e Bandeirantes (12h00).

“Assista e divulgue! Próximo sábado, pastor Morris Cerullo libera uma tremenda palavra profética para abençoar sua vida, em nosso programa de TV. Não perca! Há muito tempo não vejo uma palavra profética tão poderosa quanto a que o pastor Morris Cerullo liberou no programa que vai ser exibido no próximo sábado”, escreveu o pastor Malafaia em seu perfil no Twitter.

O anúncio da nova participação de Cerullo no Vitória em Cristo foi recebido de forma negativa por alguns internautas, que criticaram a iniciativa. “Unção, né? $ei!”, escreveu uma internauta.

Na sequência, outra usuária do microblog questionou Malafaia sobre os motivos da visita de Cerullo: “Quanto vai ser dessa vez?”, perguntou, fazendo referência à campanha de arrecadação lançada anos atrás, sob a mesma aura de “palavra profética” e que custava uma oferta de R$ 900,00.
Morris Cerullo é um conhecido pregador da teologia da prosperidade norte-americano que já esteve no Brasil diversas vezes. O pastor Silas Malafaia tem sido um de seus principais parceiros ministeriais por aqui, e já o convidou várias vezes para seu programa Vitória em Cristo.

Há alguns anos, o pastor John Paul Warren, um reconhecido líder da terceira geração de assembleianos norte-americanos e que já trabalhou para Cerullo em parceria no seu ministério, entrou com uma ação na Justiça contra a organização do televangelista, depois de tê-lo confrontado quanto à maneira “antiética e as técnicas que ele usa para recolher ofertas do povo”.

A ação foi movida em maio de 2000 na Corte Superior do condado de San Diego e aceita, sendo esta a segunda ação judicial movida contra ele. Warren afirma ainda que Cerullo se apresenta como “doutor Cerullo” onde quer que seja, mesmo que não tenha nenhuma formação acadêmica e nem mesmo sequer merecimento para ser chamado como tal.

Fonte: Portal Gospelmais notícias

Polêmico pastor afirma que desenho animado Pokémon estimula homossexualidade nas crianças

Eu sempre assisti Pokémon quando criança e posso garantir a qualquer um que não houve nenhuma influência quanto a minha orientação sexual.  Eita gente paranoica, não sabem ver outra coisa a não ser demônio e homossexualismo em tudo. Cheguei a conclusão de que todo homofóbico é uma pessoa enrustida, porque não existe outra explicação por essa obsessão.

O polêmico pastor Creflo Dollar, pregador da teologia da prosperidade, afirmou que o desenho infantil Pokémon é o responsável pela opção homossexual de muitos jovens e adolescentes.

Segundo o pastor, o desenho foi projetado para transformar crianças em gays, como parte da chamada “agenda gay”. O Ministério Creflo Dollar divulgou um material recentemente dizendo que os adolescentes do final dos anos 80 e 90 “tinham sua sexualidade distorcida por Ash e seus amigos frutados”, uma referência a personagens de Pokémon.

Dollar afirma que a estreita relação mantida pelos personagens Ash e Brock era um sinal da “agenda gay” no desenho animado, segundo informações do Patheos.

De acordo com o site Wikipedia,o desenho animado já havia sido criticado por alguns cristãos por causa de temas ocultos e violência usadas nas histórias, além do conceito de “evolução Pokémon”, que algumas pessoas interpretavam como sendo contrário ao relato da criação bíblica em Gênesis.

Dollar é uma figura controversa que prega a teologia da prosperidade, incentivando fiéis a fazerem doações vultosas, alegando que estas doações retornarão em forma de bênçãos materiais.

Recentemente, o pastor de nome curioso se tornou manchete em todo o mundo por causa de sua campanha de arrecadação para compra de um jato executivo no valor de mais de R$ 200 milhões.

A repercussão da iniciativa de Creflo Dollar foi tão negativa, com manifestações contrárias por parte de outros líderes cristãos, que o pastor da prosperidade desistiu da campanha e retirou o site de arrecadação do ar.

Dollar é o fundador e líder da megaigreja World Changers International, em Atlanta, Geórgia (EUA), e é conhecido por levar uma vida luxuosa: vive em uma mansão de R$ 8 milhões, passa férias em um apartamento em Manhattan, em Nova York, e anda em um luxuoso carro Rolls-Royce.

As pedras estão clamando! Deus é bom! Quem tem ouvidos para ouvir ouça!

A igreja evangélica é legitimadora da corrupção

Obs: Nem tudo que está escrito eu concordo com o autor, pelo contrário acredito que a Igreja faz pouca ação social e deveria ser mais atuante não somente na área social, mas também na ação política e cultural. De nenhuma maneira acredito que a Igreja Evangélica está substituindo a ação do Estado e que ambos são aliados muito pelo contrário vejo uma disputa para ver quem ganha o coração das pessoas. Não vejo nenhum subsídio para tal argumento apenas uma opinião pessoal do autor da qual eu respeito mas não concordo nessas questão. Portanto aconselho a vocês lerem o texto de forma crítica.
Por: Henrique Moraes Ziller
A afirmação que se faz no título desse artigo fundamenta-se em cinco percepções acerca da presença da Igreja Evangélica na nação brasileira, relativamente a sua atuação.
Em primeiro lugar, a Igreja Evangélica Brasileira é legitimadora da corrupção porque não a denuncia. Não concebe que deva encarnar a função profética, relega ao segundo plano as questões sócio-políticas, e não se manifesta sobre aquela que é a maior manifestação do mal nas terras brasileiras: a corrupção. Não há denúncia.
Em segundo lugar, a Igreja Evangélica Brasileira é legitimadora da corrupção porque sua ação social substitui a ação do Estado, não denuncia a situação e não exige que o Poder Público desempenhe suas obrigações. Se por um breve momento a Igreja Evangélica Brasileira deixasse de realizar suas ações de assistência social, o País se tornaria um caos, imediatamente. A distribuição da renda, consubstanciada na distribuição de cestas básicas e demais ações similares, a recuperação e inserção social, consubstanciadas nos trabalhos das inúmeras casas de recuperação, a promoção do ensino, por intermédio de milhares de escolas confessionais, o cuidado com a criança, realizado por creches e pela própria Escola Dominical, tudo isso, são funções do Estado negligente que não as realiza. Na medida em que a Igreja Evangélica faz tudo isso – e jamais deve deixar de fazer – sem a devida e obrigatória participação do Estado, e não denuncia a gravidade do fato, está sendo cúmplice de governantes e parlamentares criminosos, que utilizam em benefício próprio os recursos que deveriam ser destinados a essas atividades.
Em terceiro lugar, a Igreja Evangélica Brasileira é legitimadora da corrupção porque se associa ao Poder Público sem a crítica adequada. Seus líderes sobem nos palanques políticos, impõem as mãos sobre as cabeças de gente cujo pensamento está voltado apenas para seus próprios interesses e para o crime, dá e recebe condecorações de e para gente sem a menor credencial ética para isso, cede os púlpitos a bandidos, enfim, associa-se a gente que deveria estar presa, mas que usufrui da liberdade que o seu poder lhes permite adquirir. Aqueles que deveriam ser alvo de denúncia e profetismo por parte da Igreja são seus grandes amigos e aliados.
Em quarto lugar, a Igreja Evangélica Brasileira é legitimadora da corrupção porque não desenvolve ações consistentes de combate à corrupção. E nem poderia ser diferente, visto que ela nem mesmo a denuncia. Enfrentar esse mal é obrigação, mas nada faz a respeito.
Em quinto lugar, a Igreja Evangélica Brasileira é legitimadora da corrupção porque a pratica desavergonhadamente.
À denúncia acima pronunciada segue-se, necessariamente, a proposta de ação.

1. Para denunciar a corrupção nos púlpitos, e perante a nação, obrigação inadiável da Igreja Evangélica Brasileira, é necessário colocar ordem dentro de casa: transparência das contas. Igrejas precisam publicar seus balancetes e prestar contas do que fazem com os dinheiros de seus membros, se quiserem ter credibilidade e autoridade para profetizar contra o mau uso dos recursos pelo Poder Público. Os líderes de igreja não podem submeter-se apenas à prestação de contas – inevitável e certa – diante de Deus. Precisam entender o momento em que o País se encontra e dar o exemplo. Transparência, eis a exigência.

2. A Igreja não pode deixar de fazer ação social, mas tem que cobrar a ação do Governo, o emprego das verbas públicas nos programas sociais e as ações que promovam a distribuição de renda. Precisa-se, antes de mais nada, de informações acerca de todo o esforço que a Igreja Evangélica Brasileira está fazendo para amenizar a situação de dificuldade em que vive grande parte da nação. O Governo tem que conhecer a enorme dimensão dessas ações, e seu alcance. Trabalho que dá credibilidade para cobrar do Governo que faça a sua parte, em particular impedindo que o dinheiro público seja desviado para atender a interesses privados. A Igreja não pode substituir a ação do Estado, como ocorre hoje; esse esforço tem que ser complementar. O Estado tem a obrigação de zelar por seus cidadãos, a Igreja, de amar o próximo. O trabalho da Igreja não exime o Estado de sua responsabilidade. No entanto, a última coisa que se deve pleitear é a parceria na qual as igrejas recebam mais verbas públicas para a realização de ações de cunho social. Há generosidade e recursos suficientes para contribuir com as obras das Igrejas. Não se rejeitam parcerias com o Poder Público, mas elas só podem se estabelecer fundamentadas em sólidos sistemas de controle e transparência. Em parceria com o Poder Público, a Igreja tem demonstrado que é engolida pelo mesmo mal que assola a Nação.

3. Não há outra possibilidade, nesse momento, senão o rompimento radical com as práticas que a Igreja Evangélica Brasileira tem adotado em relação aos seus representantes no Poder Executivo e no Poder Legislativo. Se eles querem ir às igrejas, ou se mesmo já são membros, que se assentem nos bancos e ouçam, em silêncio. Se quiserem conversar com esse povo sobre política, que se marquem reuniões específicas para isso, e que nunca se tratem tais assuntos em cultos. Não se pode mais chamá-los aos púlpitos e impor sobre eles as mãos, manipulando a compreensão dos membros. Se querem oração que recebam-na nos gabinetes, pois o Deus que ouve em secreto em secreto os responderá. Pastores não devem receber condecorações das mãos de criminosos travestidos de prefeitos e parlamentares, há que se ter o mínimo de decência e discernimento.

4. A Igreja precisa adentrar o espaço público aberto a ela e a toda a comunidade. Participar dos Conselhos Municipais de Políticas Públicas criados por lei para exercer o controle das ações públicas em áreas como a educação, a saúde e a assistência social, entre outras. Pastores devem incentivar seus membros a participar, promover treinamento para eles, e facilitar-lhes o acesso a estas instâncias de participação política. Fazendo isso, a Igreja estará garantindo a merenda escolar para seus próprios filhos – e demais crianças de suas cidades, o salário adequado para os professores, os recursos para as entidades de assistência social, os programas de enfrentamento de moléstias, o dinheiro para a farmácia básica, entre tantas outras possibilidades. A legislação brasileira tem criado esses conselhos, dos quais devem fazer parte representantes da sociedade civil organizada. Espaço absolutamente adequado para a ação consistente da entidade que mais faz ação social nesse País, a Igreja Evangélica Brasileira.

5. Quanto à participação na corrupção desenfreada nesse País, já conhecida há tanto tempo, e vergonhosamente evidenciada, por exemplo, na CPMI dos Sanguessugas, é necessário, em arrependimento e quebrantamento, pedir perdão. Pedir perdão a Deus e à Nação, pois esperava-se muito mais da Igreja Evangélica Brasileira. Sobre ela pesa duro juízo, por suas ações, por sua acomodação, por sua omissão cúmplice. Pois, ao invés de destruir as obras do diabo, tornou-se partícipe delas.

*Henrique Moraes Ziller – membro da Igreja Metodista da Asa Sul, em Brasília – DF, é Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União e Presidente do Instituto de Fiscalização e Controle (www.adoteummunicipio.org.br)

Fonte: [ Artes Theologicas ] publicado no blog bereianos.blogspot.com.br